Lugar

Casablanca,
cidade cosmopolita

Casablanca permanece um enigma para os historiadores. As suas origens estão envoltas pelos mistérios do tempo mas os bairros e os monumentos revelam-nos a história da cidade.

Nas imediações do porto, descubra o Bastião da Sqala, um conjunto fortificado do século XVIII, agora transformado num elegante café-restaurante onde poderá saborear as deliciosas especialidades locais.

A apenas alguns passos do porto, deambule pelas estreitas e sinuosas ruas da medina. Reconstruída após o terramoto de 1755, é a mais recente medina do país e uma das mais originais: dentro das muralhas, a arquitetura Árabo-Muçulmana mescla-se com inspirações Europeias. Neste quadro eclético, os artesãos dão vida ao bairro.

No centro da cidade, o cenário é totalmente diferente. O urbanismo único, as amplas avenidas e as grandes praças ornamentadas por edifícios Art Déco invocam a ocupação colonial.

E claro, a solene Mesquita Hassan II à beira mar, uma das maiores e mais bonitas mesquitas do mundo Islâmico. No interior, a decoração é fascinante: madeiras preciosas, mármore e ónix; nos pilares e nos tetos, a simetria dos arabescos e zelliges (azulejos). Por todo o lado pergaminhos e portas enfeitadas. Uma verdadeira preciosidade.

Percorrer Casablanca, a Cidade Branca, transporta-nos numa viagem através do tempo e do espaço moldados por uma multitude de influências.