Lugar

Safi,
entre património arquitectónico e atividades

As muralhas altas, as imponentes torres e os antigos canhões, ainda apontados para o oceano, definem a imponente silhueta do Kechla de Safi. O edifício é impressionante: banhado pelas águas do Atlântico, o forte parece construído sobre água. É o maior vestígio da ocupação portuguesa. Mais adiante, as remanescências da primeira catedral gótica de África evocam o período colonial.

Embora tenha algumas características europeias, Safi é uma típica cidade marroquina. Assim que se entra na medina os sons e aromas transportam-no para uma atmosfera totalmente diferente, mais animada e agitada. Os comerciantes expõem seus artigos e negociam o preço de mil e uma mercadorias: tapetes, couro, candeeiros e, claro, cerâmica. Safi é uma das capitais de cerâmica do país. Um bairro inteiro dedica-se à produção de objetos em terracota e argila. O museu rende homenagem a este delicado ofício.

Safi é também o paraíso para surfistas e viajantes que procuram autenticidade.