Lugar

Tetouan: o Mediterrâneo no horizonte

Com as suas paredes caiadas e ruelas tortuosas, em Tetouan misturam-se sutilmente várias culturas.

A cidade tem uns ares da Andaluzia que se fazem sentir nas ruas estreitas de casas verdes e brancas que evocam Sevilha e Granada. Intramuros, a medina, uma das mais bonitas e movimentadas de Marrocos, foi classificada Património Mundial da UNESCO. Frente as suas oficinas, artesãos trabalham a madeira; em Guersa El Kébira, as bordadeiras, as “Jebliates” como são apelidadas, vendem seus mendils, xailes de cor vermelha, azul e branca. Não deixe de visitar o Mellah, o bairro judeu da medina, onde se sucedem as joalharias e cuja artéria principal conduz ao Palácio Real, uma expressão da arte hispano-mourisca.

Ao deixar a cidade antiga, a arquitetura é completamente diferente. Sob protetorado espanhol durante algum tempo, Tetouan é herdeira de monumentos de estilo europeu: o antigo casino espanhol, a igreja de Nossa Senhora da Vitória ou ainda a biblioteca pública, outorgam à cidade um cariz único.

Os festivais testemunham esta efervescência: o festival do cinema do Mediterrâneo, um festival de banda desenhada e ainda o festival consagrado às vozes femininas.

Descubra Tetouan e mergulhe numa cidade carregada de história, uma cidade de encontros, uma encruzilhada de culturas, uma cidade que soube preservar toda a sua autenticidade permanecendo aberta a todas as influências externas.